quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Muitas coisas para contar...

Boa noite querido leitor ou leitora, desde já agradeço por mais uma vez sua visita aqui no blog.
Após conhecer Porto Seguro, BA, tive a oportunidade de conhecer também o Pantanal. Muitos pássaros, muito vegetação, animais e culturas diferentes.
Obrigado minha guardiã
Engraçado como Deus sempre coloca pessoas em meu caminho, algumas para somar, outras para se reciclar com minha ajuda ou eu com a delas (depende do tipo de evolução, esteja sempre pronto para aprender).
Maritacas assanhadas
Durante a viagem para o Pantanal tive a oportunidade de conhecer a mãe e um pai de um moço muito especial. Eles cuidavam desse filho portador de uma síndrome rara, como quem cuida de um diamante muito valioso. Por incrível que pareça, durante toda a viagem em quanto todos se coçavam para saber por que eu usava bengala ele foi o único que perguntou o que eu tinha. Achei muito interessante a forma como ele me questionou, simples e direta. “Porque você usa a bengala? Machucou a perna?” enquanto eu respondia seu semblante não mudou como de costume percebo nas pessoas, nem ouvi a famosa história de que Deus sabe o que faz e pra ele nada é impossível, com dó da minha atual situação. (Não quero transparecer ser chato, mas ouvir toda hora que Deus é o senhor das coisas impossíveis como se a culpa fosse dele por minha doença enche o saco). Deus fez certo e ponto. Sou assim.

              
Companheiras de viagem e da vida
Aprendi que a melhor forma de lidar com um problema particular é presenciando o problema dos outros. Tenho minha doença, ela me atrapalha em tudo, mas não é nada comparado as pessoas de obstáculos maiores, ser tratado como igual é tão bom que apenas quem sofre tem o privilégio de demonstrar isso, (que frase complexa vou tentar explicar com outras palavras). Só aqueles que já passou frio sabem o valor de um cobertor, só aqueles que já tiveram uma doença ou lutam para sobreviver a uma, entendem o que é um abraço de acolhimento sem palavras, só aqueles dispostos a aprender entenderão o que quero dizer! (Leia novamente com mais calma se não compreender)...
Postar um comentário